Para ser uma boa mãe, precisa lembrar-se que é mulher

Share Image

O que é para si ser uma boa mãe? Antes de responder não pense desde já que se trata de uma pergunta com rasteira. Muitas mulheres tendem a responder que ser uma...

O website PowerYou Alexandra e Carolina utiliza Cookies de modo a proporcionar-lhe a melhor experiência de navegação e aceder a todas as funcionalidades. Para aceitar a sua utilização carregue em 'OK' e continue a sua navegação. Saiba mais

Para ser uma boa mãe, precisa lembrar-se que é mulher

O que é para si ser uma boa mãe? Antes de responder, não pense desde já que se trata de uma pergunta com rasteira. Muitas mulheres tendem a responder que ser uma boa mãe é estar constantemente presente, é não deixar os filhos em qualquer tipo de situação que possa vir a ser perigosa, é ir a correr para o hospital ou centro de saúde ao mínimo sinal de doença. Claro que quem faz tudo isto, é uma boa mãe! Mas… saiba de antemão que efetivamente para ser uma boa mãe, precisa lembrar-se que acima de tudo é uma mulher! Uma mulher com desejos, sonhos, bons e maus momentos, com amigos, com hobbies, com problemas… E, só aceitando todos estes pontos é que vai conseguir encarar a (difícil) tarefa que é a maternidade sem acabar com os cabelos em pé. Assim, de seguida perceba um pouco melhor alguns pontos que muito provavelmente ainda não se apercebeu. Ser uma boa mãe… Não existe um truque secretoÉ verdade, não existe nenhum truque secreto para ser uma boa mãe! Na verdade, todas nós somos simultaneamente mães perfeitas e imperfeitas. E porquê? Se perguntar ao seu filho quem é a melhor mãe do mundo, ele vai responder que é você! Mas, muitas vezes, quando pensamos em tudo o que temos de fazer, percebemos que existem muitas coisas que podemos melhorar! Mas, pare e pense durante um bocadinho (esqueça por uns instantes que é uma mãe há beira de um ataque de nervos)! Enquanto mulher, sente-se bem (a nível pessoal e profissional)? Muitas mulheres, dedicam-se tão afincadamente à tarefa de serem mães que se esquecem de serem mulheres! Responda a algumas perguntas simples:

  • Qual foi a última vez que foi jantar fora com as suas amigas ou com o seu marido?
  • Qual foi a última vez que foi ao cinema?
  • Qual foi a última vez que se sentiu relaxada e calma, como se a sua vida fosse um mar de rosas?
  • Quando foi a última vez que se levantar para ir trabalhar lhe deu energia e felicidade (em vez de insatisfação e infelicidade)?
  • Quando foi a última vez que se permitiu mimar-se e passar mais de 2 horas sem se preocupar com nada?

Temos a certeza que para muitas destas perguntas não sabe sequer quanto tempo já passou desde a última vez! E sabe o que é que é pior? Nem sequer é não saber responder exatamente há quanto tempo não tira momentos para si! O pior, é que o fato de não o fazer influenciar negativamente a educação do seu filho! Sim, leu bem! Muitas vezes, as mulheres querem tanto serem mães perfeitas que se esquecem que se não estiverem bem com elas próprias, isso irá refletir-se negativamente no desenvolvimento e comportamento dos filhos! Quantas vezes ouviu a sua mãe ou a sua sogra dizer ao seu filho “pareces mesmo a tua mãe com esse feitio”? Sabe porque é que isso acontece? Não é porque é uma má mãe. Mas sim porque os seus filhos absorvem todos os seus comportamentos. Lembre-se de que pode simultaneamente ser mãe e mulher!É importante perceber que o fato de ser uma mulher alinhada, de bem com a vida, com a autoestima elevada e que consegue levar uma vida sem stress vai fazer com que os seus filhos sejam iguais. Contudo, se é uma daquelas mulheres que está constantemente a reclamar dos problemas, se não consegue lidar com as suas emoções, se reage com frequência e sente-se em baixo, isso vai refletir-se no comportamento dos seus filhos. Assim sendo, para ser uma boa mãe, vai precisar de se alinhar! Por isso, algumas dicas que pode ter em mente e que a vão fazer sentir-se melhor são:

  • Tire tempo para si todos os dias (ou pelo menos umas horas por semana)
  • Sorria
  • Agradeça tudo de bom que tem
  • Não esteja constantemente preocupada (existem situações que não estão sob a sua alçada e preocupar-se não vai ajudar em nada)

Acredite quando lhe dizemos que se adotar uma atitude mais positiva perante a vida, tudo irá correr melhor! E, se não sabe como o fazer, podemos também ajudar com o Programa de Power Woman.

Mais sobre
    Comentários
    Outros artigos
      Não perca as novidades!
      Subscreva a nossa newsletter
      Também lhe pode interessar
      Sem eventos
      Os nossos programas

      Desenvolvemos 3 programas PowerYou focados em 3 áreas de atuação.

        Temos uma oferta para si
        Receba grátis este ebook.
        ebook
        Todos os direitos reservados.
        Alexandra e Carolina, Coaching + Guidance + Inspiration e PowerYou são marcas registadas.
        © PowerYou 2017-2019
        Todos os direitos reservados.
        Alexandra e Carolina, Coaching + Guidance + Inspiration e PowerYou são marcas registadas.
        © PowerYou 2017-2019
        Easypay
        Tem dúvidas?