Será que o seu filho sabe reconhecer as emoções e lidar com as mesmas?

Share Image

Reconhecer as emoções é algo que até para nós adultos é complicado. Contudo quando falamos dos nossos filhos a tarefa é ainda mais complicada. Enquanto mãe...

O website PowerYou Alexandra e Carolina utiliza Cookies de modo a proporcionar-lhe a melhor experiência de navegação e aceder a todas as funcionalidades. Para aceitar a sua utilização carregue em 'OK' e continue a sua navegação. Saiba mais

Será que o seu filho sabe reconhecer as emoções e lidar com as mesmas?

Reconhecer as emoções é algo que até para nós adultos é complicado. Contudo, quando falamos dos nossos filhos, a tarefa é ainda mais complicada. Enquanto mãe, quantas vezes não pensou que estava a falar com um ser vindo de outro mundo e que a linguagem era completamente diferente? Perceber um jovem ou uma criança não é simples, e cada faixa etária tem os seus próprios problemas e comportamentos.

Assim, como é que podemos ajudar os nossos filhos, de forma a que não só eles percebam as suas próprias emoções, como nós também os consigamos perceber a eles (sem parecer que estamos a falar noutra língua)?

Não é uma tarefa simples, rápida ou prática, mas… é algo que vai valer a pena. Ora continue a ler. Reconhecer as emoções: a importância de uma boa gestão emocionalQuer queiramos quer não, todos nós somos na grande maioria das vezes regidos pelas nossas emoções. Se enquanto adultos temos a possibilidade de alcançar o nosso próprio equilíbrio emocional, as crianças e os adolescentes, na grande maioria das vezes não dispõem das ferramentas necessárias para o fazerem. Assim, cabe-nos a nós, enquanto pais, conseguirmos dar-lhes essas ferramentas. E como é que o podemos fazer? É simples. Dotamos os nossos filhos de QE (quociente emocional). Dessa forma, eles vão começar desde pequenos a saberem como gerir corretamente as suas emoções. E, se eles souberem como gerir, vão também sentir-se muito mais à vontade para as partilhar connosco. Uma das emoções mais importantes e que deve ser sempre passada às crianças é a empatia. E porque é que essa é sem qualquer dúvida uma das mais importantes? Pois uma criança que seja empática, sabe e consegue reconhecer as emoções da outra pessoa. E, ao fazê-lo, torna-se muito mais simples lidar e adaptar-se às emoções de terceiros. A par disso, irá fazer com que facilmente consigam entender o que o outro sente, e colocar-se noutra pele que não a sua. E acredite, ensinar uma criança a ter empatia, não é uma tarefa simples. Para o conseguir transmitir, tem também de ser empática. E sabe quando é que isso é possível? Quando conseguir alcançar o seu equilíbrio emocional. Se não estiver emocionalmente estável, a verdade é que nunca se vai conseguir colocar no papel de outra pessoa. E, se não o consegue fazer, dificilmente irá conseguir transmitir isso ao seu filho. Existe sempre a possibilidade de melhorarEmbora a grande maioria de nós tenha quase a certeza que reconhece as emoções e que geri-las é algo inerte ao ser humano, a verdade é que não é bem assim. Dessa forma, tenha em mente que para gerir as suas emoções e passar esse ensinamento às crianças, é preciso trabalhar. Ou seja, as emoções podem (e devem) ser trabalhadas. É importante frisar que existem

4 emoções base

(alegria, medo, raiva e tristeza) de onde derivam muitas outras emoções, nomeadamente:

  • Admiração
  • Alívio
  • Ansiedade
  • Calma
  • Confusão
  • Dor empática
  • Espanto
  • Empatia
  • Estranhamento
  • Excitação
  • Inveja
  • Horror
  • Nojo
  • Nostalgia
  • Surpresa
  • Tédio

Estas são apenas algumas das emoções mais comuns. E a grande variedade de reações e emoções, demonstra que as experiências emocionais são muito mais ricas do que aquilo que se pensava anteriormente. Assim, é importante que enquanto pais, ensinemos os nossos filhos a importância de reconhecer as emoções, sejam as nossas próprias ou as de terceiros. Pois reconhecer as emoções é o primeiro passo para lidar eficazmente com elas, e isso irá fazer toda a diferença nas suas vidas, tornando-se assim, pessoas mais alinhadas e equilibradas no futuro.

Mais sobre
    Comentários
    Outros artigos
      Não perca as novidades!
      Subscreva a nossa newsletter
      Também lhe pode interessar
      Sem eventos
      Os nossos programas

      Desenvolvemos 3 programas PowerYou focados em 3 áreas de atuação.

        Temos uma oferta para si
        Receba grátis este ebook.
        ebook
        Todos os direitos reservados.
        Alexandra e Carolina, Coaching + Guidance + Inspiration e PowerYou são marcas registadas.
        © PowerYou 2017-2019
        Todos os direitos reservados.
        Alexandra e Carolina, Coaching + Guidance + Inspiration e PowerYou são marcas registadas.
        © PowerYou 2017-2019
        Easypay
        Tem dúvidas?