Será a inteligência emocional nas crianças uma utopia?

Share Image

Não é incomum ouvirmos falar de inteligência emocional nas crianças. Contudo para a grande maioria dos pais a mesma acaba por ser uma verdadeira utopia. Será...

O website PowerYou Alexandra e Carolina utiliza Cookies de modo a proporcionar-lhe a melhor experiência de navegação e aceder a todas as funcionalidades. Para aceitar a sua utilização carregue em 'OK' e continue a sua navegação. Saiba mais

Será a inteligência emocional nas crianças uma utopia?

Não é incomum ouvirmos falar de inteligência emocional nas crianças. Contudo, para a grande maioria dos pais a mesma acaba por ser uma verdadeira utopia. Será que é efetivamente possível de alcançar? Será que existe uma idade comum a todas as crianças? Será que… São muitas as perguntas que assolam e levam as mães a desesperar. Mas, hoje resolvemos ajudar a perceber um pouco mais o funcionamento desta questão. Ora continue a ler. Inteligência emocional: o que é afinal?Uma das questões que é importante começar por analisar passa essencialmente por percebermos o que é a inteligência emocional, e como é que a mesma se manifesta. De forma muito resumida, podemos dizer que uma pessoa emocionalmente inteligente é aquela que consegue de forma simples identificar as suas emoções. Quando falamos deste sentimento de uma forma geral, podemos então dizer que as principais características são:

  • Capacidade de controlar os impulsos
  • Canalização das emoções para as situações adequadas
  • Praticar a gratidão 
  • Motivar as outras pessoas

Enfim, são vários os pontos em que as pessoas que são emocionalmente inteligentes se conseguem destacar das demais. Mas, será que as coisas funcionam da mesma forma quando falamos de crianças? Será que elas podem ser emocionalmente estáveis e equilibradas ou isso é tão simplesmente uma utopia? A verdade é que sim, é possível. Mas, existe um ponto que vai ter de considerar. O seu filho só irá alcançar um elevado grau de inteligência emocional, se seguir o seu exemplo! Neste momento poderá estar a pensar como é que isso é possível. Ora bem, as crianças, até uma certa idade, desenvolvem-se por imitação. Ou seja, têm exatamente as mesmas atitudes que veem nos adultos à sua volta. Desse modo, se você não for um exemplo de uma pessoa emocionalmente estável, dificilmente o seu filho irá ser. Muitas mães falam connosco e acabam por nos confidenciar que têm imensas dificuldades em lidar com os filhos. Depois de um sem número de perguntas, aquilo que acabamos por perceber é que na maior parte dos casos o problema não reside na criança. Mas, é importante frisar que embora o problema raramente resida a 100% na criança, existem algumas estratégias que pode implementar.

Estratégias simples que pode utilizar para desenvolver a inteligência emocional numa criança.

Tal como dissemos anteriormente, existem formas simples e muito práticas de ajudar uma criança a desenvolver a sua inteligência emocional. De seguida damos-lhe algumas dicas e estratégias que pode implementar hoje mesmo na vossa rotina. Acredite que em pouco tempo os resultados positivos já vão ser visíveis!

  1. Deixe a criança expressar-se abertamente sobre os seus sentimentos e nunca os desvalorize
  2. Ouça a criança com empatia e fomente a importância de saber escutar
  3. Desenvolva atividades que ajudem a reconhecer emoções
  4. Brinque com ela regularmente
  5. Fale sobre situações comuns do dia a dia e pergunte-lhe o que faria em determinada situação
  6. Fomente o diálogo em família e esteja sempre disponível para orientar a criança nas suas decisões
  7. Estimule a resiliência e ensine-a a lidar com problemas e superar obstáculos
  8. Imponha limites
  9. Ensine a criança a lidar com a frustração de ouvir um não
  10. Sempre que vir que a mesma está desmotivada, ensine-a sobre a necessidade de se superar
  11. Não negue a tristeza como forma de proteger a criança

Estas são apenas algumas das muitas estratégias que podem ajudar as crianças a alcançar a sua inteligência emocional mais rapidamente. Contudo, voltamos a frisar, uma criança só vai ser totalmente estável se você também já tiver alcançado o seu equilíbrio emocional. E, se neste momento sente que reage mais do que age eficazmente, fale connosco que teremos todo o gosto em ajudá-la.

Mais sobre
    Comentários
    Outros artigos
      Não perca as novidades!
      Subscreva a nossa newsletter
      Também lhe pode interessar
      Sem eventos
      Os nossos programas

      Desenvolvemos 3 programas PowerYou focados em 3 áreas de atuação.

        Temos uma oferta para si
        Receba grátis este ebook.
        ebook
        Todos os direitos reservados.
        Alexandra e Carolina, Coaching + Guidance + Inspiration e PowerYou são marcas registadas.
        © PowerYou 2017-2019
        Todos os direitos reservados.
        Alexandra e Carolina, Coaching + Guidance + Inspiration e PowerYou são marcas registadas.
        © PowerYou 2017-2019
        Easypay
        Tem dúvidas?